sexta-feira, junho 29, 2007

noite espelhada


* * *
* *
* * *
* *
* * *
olhei pro céu
pra ver estrelas
juntei os pontinhos
e vi a mim mesma
*
refletida nos olhos
a estampa da noite
estampado no universo
o reflexo da alma
* *
* * *
* * *
*
* *
* * *
*

9 Comments:

Blogger ALF O Extasiado said...

Que lindo Ariane, ver-se na constelação é de fato um fascinante vislumbramento.

Que palavras lindas.

:) que imagem divina.

Amei.

beijos
:)

11:03 AM  
Blogger paulo said...

... e há tanta beleza nesse aprender a voar que por vezes vivo a sonhar... [mas Paulo, coisas do céu não são pra vc, lembra, vc pentence às "coisas do chão"!!] Mas por cá me deixo ficar... não importa, a vontade de vôo sempre foi sonho do homem...

e aqui, é tão leve que desejo me morde e me diz pra voar...

lindo aqui!! ^^

beijos tantos...

paulo

7:50 PM  
Blogger Clóvis said...

O que somos senão as minúcias sentidas?

Bom, poeta!
:)

3:19 PM  
Anonymous van said...

lindo o teu poema e blog:sempre estamos nos buscando para a nossa interpretaçao.tambem gosto de poemas e tenho um espaço com este tema.abraço.

9:21 AM  
Blogger Ácido Poético said...

Ô que saudade docê, moça.

Belíssimo esse universo de palavras..

Desculpe a minha ausência. Viagens, trabalho, workshops...

Beijos de sol
Brunø

1:11 PM  
Blogger diovvani mendonça said...

Muito bom, sentir você assim e-s-t-r-e-l-a-d-a. AbraçoDasMontanhas

9:00 AM  
Blogger Menina do Reggae® said...

Estrelas.

pequenas e ariscas, me fugiram no fim.

Beijos

Au Revoir

ps: passa para tomar um café, está quentinho.

9:48 AM  
Anonymous paulo vigu said...

Espero um vôo atrasado e em atraso passo por aqui como quem voa. É correria e saudade,mas com o mesmo ardor. Riodaqui - Paulo Vigu

6:32 PM  
Blogger Flávio Otávio Ferreira said...

gostei...belo poema...
"para onde olho vejo a mim mesmo reflexo no espelho do infinito"

Abraços!

10:10 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home